Como fazer a manutenção preventiva de fossas?

A manutenção preventiva da limpeza de fossa é um importante serviço que beneficia diretamente o funcionamento da rede de esgoto e melhora as condições do saneamento básico. A seguir entenda COMO FAZER A MANUTENÇÃO PREVENTIVA DE FOSSAS?

Para realizar a manutenção da limpeza de fossa, o ideal é que seja contratado um serviço de desentupimento em Curitiba, pois o descarte dos detritos retirados durante a limpeza é realizado em local específico, sem trazer problemas para o meio-ambiente em questão.

DESENTUPIDORA CURITIBA

MANUTENÇÃO DE FOSSA EM CURITIBA, DESENTUPIDORA, DESENTUPIDORA CURITIBA, LIMPEZA DE FOSSA EM CURITIBA, DESENTUPIDORA 24 HORAS.

Importância da manutenção preventiva da limpeza de fossa.

Ao contratar os serviços de uma desentupidora, a manutenção pode evitar uma série de problemas desagradáveis. Uma fossa séptica limpa e bem cuidada irá prevenir futuros problemas na tubulação, que podem causar mau cheiro e se tornar um ambiente propício para a proliferação de insetos.

Além disso, a limpeza de fossa evita uma possível contaminação da água e do solo em decorrência aos resíduos jogados diretamente neste sistema de esgoto, afastando doenças. O trabalho é feito a partir do esgotamento de fossa, que consiste em uma bomba de sucção a vácuo que capta o sedimento armazenado.

Outro ponto importante, e que explica porque este serviço precisa ser feito por profissionais de uma desentupidora, é a necessidade de manter 10% destes sedimentos na fossa, pois as bactérias ali encontradas ajudarão a decompor os novos dejetos.

Durante a limpeza, dejetos de espécie alguma devem ser lançados na fossa séptica.

O que significa fossa séptica?

A fossa séptica é o sistema de tratamento de águas residuais, ou seja, todo resíduo descartado em uma residência ou indústria, passa por ela. Esse sistema é considerado pela ONU como um dos mais eficazes em questão de saneamento básico e benéfico para o meio-ambiente e preservação da saúde, ajudando na redução de casos de verminoses.

O mecanismo faz a separação entre os resíduos líquidos e os sólidos, com capacidade mínima a partir de 1.000 litros. A fossa séptica precisa ter uma ligação direta com a casa utilizando um equipamento próprio para o esgoto e sem exceder a distância de 4 metros.

Os resíduos líquidos ficam por cima e são descartados por um sumidouro, enquanto os sólidos são depositados ao fundo e sofrem a decomposição natural causada por bactérias anaeróbicas, ajudando na redução do volume. A ação das bactérias também contribui para a liberação de alguns gases, que podem se tornar inflamáveis se armazenados por muito tempo.

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), define 3 tipos de fossas:

  1. Fossas de câmaras sobrepostas;
  2. Fossas de câmara única;
  3. Fossas de câmaras em série.

De quanto em quanto tempo deve-se fazer a manutenção de fossa?

É recomendável que a manutenção preventiva da limpeza de fossa seja feita no período de 3 anos, no caso de pequenas residências, sempre observando a capacidade e a quantidade de moradores, não deixando transpassar o limite imposto.

A atenção a limpeza precisa ser redobrada no caso de a estrutura da fossa ser de concreto. Qualquer rachadura deve ser reparada imediatamente para evitar acidentes futuros.

Se você está precisando da manutenção da limpeza de fossa da sua residência ou empresa, entre em contato conosco e faça o seu orçamento sem compromisso.

%d blogueiros gostam disto: