Você sabia que o descarte correto de resíduos pode evitar o aparecimento de cerca de 34 mil doenças?

Porém, de acordo com os dados fornecidos pelo Governo Federal, 45% da população brasileira ainda não tem acesso aos serviços de saneamento básico. Confira os detalhes a seguir!

Impacto ambiental do descarte incorreto de resíduos

De fato, o saneamento básico no Brasil ainda é motivo de preocupação. De acordo com Instituto Trata Brasil, 55% do esgoto não é tratado no país. Você sabe o que isso significa? Anualmente, cerca de 5,2 metros cúbicos de resíduos sanitários são lançados no meio ambiente.

Como resultado, todos os anos mais de duas mil pessoas morrem em decorrência da falta de saneamento. Além disso, conforme os dados fornecidos pela UNICEF, cerca de 2 mil crianças menores de 5 anos morrem a cada ano devido a doenças diarreicas, sendo que 90% desses óbitos são causados pela falta de acesso a água potável e saneamento básico.

Além de serem muito prejudicial à saúde humana, o descarte incorreto de resíduos tem um grande impacto no meio ambiente. Quando esses efluentes de fossa entram em contato com a água ou o solo, eles podem contaminá-los, destruir a fauna e a flora da região, prejudicar a fonte de renda a população ribeirinha e inutilizar o lençol freático e as fontes de água potável.

Decerto, o descarte correto de resíduos é essencial para saúde pública e da natureza. Como você pode ajudar a reduzir esse impacto?

 

Água e saneamento - Covid-19 teria tido menos impacto no Brasil se a Agenda  2030 tivesse avançado

 

Como fazer o descarte correto de resíduos?

O primeiro passo para fazer o descarte correto de resíduos é instalando uma fossa séptica na sua residência ou na sua empresa. A função dessa unidade de tratamento primário é armazenar os dejetos e fazer a separação e transformação química da matéria solida.

Em alguns casos, pode ser necessário fazer a limpeza e o descarte dos efluentes da fossa. De acordo com a legislação, esse serviço pode ser feito apenas por profissionais treinados e empresas especializadas e aprovadas pelo órgão fiscalizador de cada estado.

No Paraná, por exemplo, as empresas que oferecem o serviço de limpeza de fossa devem ser certificados pela Companhia de Saneamento do Paraná, a Sanepar. Além disso, é obrigatório que essas empresas sempre utilizem as versões mais recentes das normas técnicas da ABNT para realizar o serviço.

Os terrenos em que os resíduos são descartados precisam ser preparados para isso e devem ter a autorização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA). Ademais, os efluentes de fossa precisam ser tratados antes de serem descartados.

Tanto a empresa e os seus equipamentos como o terreno de rejeito devem ser fiscalizados constantemente. Por isso, quando for contratar uma empresa para realizar o descarte de resíduos, exija todos os documentos que comprovem a sua regularidade, como a licença para operação e para transportar produtos perigosos.

Está procurando uma empresa de confiança para fazer a limpeza e o descarte correto de resíduos da sua fossa? Acesse o site para conhecer nossos serviços e fazer um orçamento!

Conheça nossos parceiros DESENTUPIDORA SÃO JOSÉ DOS PINHAIS

Open chat